• Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Bolinho de chuva

20/10/2019

 

Quem é que resiste a este bolinho que alegra na infância e faz os adultos regressarem a ela em apenas uma mordida?

Há quem veja semelhança entre a guloseima e o sonho, de origem portuguesa. O folclorista e grande estudioso da culinária brasileira, Luís da Câmara Cascudo faz menção a isso na sua obra História da Alimentação no Brasil.

Ele descreve que os sonhos ficavam numa bandeja cercados de açúcar e canela em pó e que a única diferença entre o bolinho de chuva e o sonho português é que este último tem recheio.

Câmara Cascudo diz ainda que os bolinhos saíam das mãos das escravas e por isso chegaram a ser chamados "bolinhos de negra". 

Da cozinha, foram parar nos tabuleiros, embalados em folhas de bananeira. Com o tempo, virou receita popular, com ingredientes que todos têm à mão.

 

E aí, preparados para colocar a mão na massa?

 

Ingredientes

 

1 ovo

1/2 xícara de leite

1/2 xícara de açúcar

1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo

1 colher de chá de fermento em pó

óleo para fritura dos bolinhos em imersão

açúcar e canela a gosto para polvilhar

 

Modo de fazer

 

Misture todos os ingredientes até obter uma massa cremosa e homogênea.

Esquente óleo suficiente em uma panela para que os bolinhos possam ser fritos por imersão.

Usando uma colher de sopa para colocar pequenas quantidades de massa no óleo quente (que deve estar a 180°C de temperatura), frite-os até que dourem por inteiro.

Coloque os bolinhos de chuva sobre papel absorvente e depois passe-os pela mistura de açúcar e canela.

Rende cerca de 20 bolinhos de chuva.

Seja feliz!

 

Aqui, o boletim para a Revista CBN.

 

 

 

Please reload

Recentes

29/09/2019

15/09/2019

18/08/2019

02/06/2019

Please reload