• Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Chipa

17/02/2019

De acordo com a história, a origem da chipa ocorreu na área das Missões Jesuítas Guaranis, onde os índios preparavam alguns tipos de tortas e pães à base de mandioca e milho. Depois da Guerra do Paraguai, a escassez na região era grande e a chipa saciava bem a todos.

Tornou-se popular no Mato Grosso do Sul porque o estado já foi parte do Paraguai e, por isso possui uma colônia grande de imigrantes vindos deste país.

Com aroma e gosto de queijo, o biscoito tradicional paraguaio é como uma versão do nosso pão de queijo, mas com características muito particulares.

Os ingredientes de ambos são praticamente os mesmos, mas a chipa só leva polvilho doce e o pão de queijo leva o azedo também. A principal diferença da chipa para o pão de queijo, no entanto, se refere à quantidade de queijo - a chipa além de levar uma quantidade maior deste ingrediente, possui o inigualável formato de ferradura.

E aí, preparados para colocar a mão na massa? Vamos pra cozinha?

 

Ingredientes

 

3 xícaras de queijo meia cura ralado

500 g. de polvilho doce

3 ovos

3 colheres de sopa de banha de porco

½ xícara de chá de leite quente

1 colher de sopa de fermento em pó

sal 

 

Modo de fazer

 

Coloque o queijo ralado, os ovos, o polvilho, o fermento e a banha em uma tigela grande. Misture com as mãos até que todos os ingredientes estejam envolvidos.

Adicione o leite aos poucos até obter uma consistência de massa de modelar e não grude nas mãos. Modele formando ferraduras.

Leve para assar em forno pré aquecido a 200 graus até que fiquem douradas. Não é necessário untar ou polvilhar a forma. Rende até duas formas médias de biscoitos.

Se quiser congelar para assar mais tarde, também pode. Quando quiser chipas de novo, não precisa descongelar. É só tirar do congelador e levar direto ao forno pré-aquecido.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Recentes

29/09/2019

15/09/2019

18/08/2019

02/06/2019

Please reload