• Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Pavlova

27/01/2019

foto - Suzana Gourmets

 

Feita a base de merengue, é crocante por fora e macia por dentro, servida com chantilly e calda de frutas e frutas frescas.

A origem desta sobremesa até hoje é disputada pela Austrália e pela Nova Zelândia - ambos países têm a sobremesa como seus pratos típicos e declaram terem sido os inventores do doce.

Segundo a história, a sobremesa foi criada em 1926, em homenagem à famosa bailarina russa Anna Pavlova, que visitou os dois países para apresentações de "A Morte do Cisne".

Bom, se australiana ou neozelandesa, o importante é que esta homenagem à bailarina rendeu uma criação culinária conhecida hoje em todo o mundo!

O preparo da pavlova é relativamente simples, mas requer bastante atenção.

Além de linda, esta sobremesa chama atenção pela leveza, textura e mistura de sabores.

E aí, vamos pra cozinha?

 

Ingredientes

 

5 claras de ovo

1 xícara de chá de açúcar

2 colheres de sopa de amido de milho

1 colher de sobremesa de vinagre branco

1 pitada de creme de tártaro - esse ingrediente é opcional, mas vai dar mais estabilidade ao seu suspiro - 

1 colher de café de essência de baunilha

 

Para o chantilly que cobre o suspiro, você vai precisar de:

 

1 xícara de chá de creme de leite fresco

1/4 de xícara de açúcar

e frutas frescas - aqui, você pode aproveitar as frutas da estação. No nosso caso aqui do Brasil, podemos fazer uma pavlova bem tropical, usando manga, maracujá ou ainda aproveitar a época de cerejas mais baratas.

 

Modo de fazer

 

Pra começar, você vai pré-aquecer seu forno a 180°C.

Em uma batedeira, junte as claras e o creme de tártaro (se você não optou por usar esse ingrediente, adicione uma pitada de sal) e bata em velocidade média até que comece a esbranquiçar. 

Depois disso, aumente a velocidade da batedeira para alta e acrescente o açúcar aos poucos para formar o merengue.

Quando estiver bem firme, junte o extrato de baunilha, o vinagre e o amido de milho.

Com o merengue pronto, transfira a mistura para uma assadeira grande untada com papel manteiga e modele o merengue na forma circular.

Pronto para assar, abaixe a temperatura do seu forno para 120°C ou para a menor temperatura que ele alcança e deixe assar por cerca de 1h/1h15 ou até que a casca do merengue seque e ele ainda esteja branco (não deixe dourar)

Uma dica importante - durante esse tempo de forno, não abra o forno.

Desligue e deixe a pavlova descansar dentro do forno, com a porta entreaberta (use uma colher de pau pra te ajudar), por pelo menos, cinco horas.

Como o suspiro deve descansar por todo esse tempo, o ideal é que seja feito na véspera.

Na hora de servir, bata o creme de leite fresco com o açúcar e a baunilha em velocidade alta até atingir um ponto firme.

Transfira a pavlova para um prato, cubra com o chantilly e, por último coloque as frutas.

Sirva em seguida e seja feliz!

 

Aqui, o boletim para o Revista CBN.

 

Please reload

Recentes

24/11/2019

29/09/2019

15/09/2019

18/08/2019

Please reload