• Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Cozinha Cordial no rádio - Especial de Natal

24/12/2016

 

Você que nos acompanhou durante este ano, sabe que neste espaço trazemos a cada semana

um ingrediente da estação e dicas de como melhor aproveitá-lo, certo?

Hoje esta Cozinha traz pra você algumas dicas para suas festas de fim de ano. Como estamos

na véspera do Natal, falaremos aqui de alguns pratos pra você fazer nestas festas de fim de ano.

Bom, então, vamos pra cozinha?

 

Normalmente, nessas comemorações, os assados são o centro das atenções da mesa -

seja ele de boi, porco ou ave, né? Vamos falar um pouco sobre eles?

 

Por comodidade ou falta de tempo mesmo, algumas pessoas acabam comprando aves já

temperadas e congeladas e o único trabalho que têm com elas é desembalar e colocar no

forno seguindo as instruções do fabricante.

Se você tiver disponibilidade, tente comprar a sua ave ou o seu pernil no açougue ou numa

granja confiável porque aí você poderá temperá-lo como quiser e terá a certeza de que o

tempero está livre de aditivos químicos e também de muito sódio.

 

Se não for o caso, lave muito bem sua ave por várias vezes ou deixe de molho em água, como se fosse dessalguar um bacalhau e vá trocando a água. Esse processo vai dar uma melhorada e aí, você poderá temperá-la como quiser. Lembrando que como essas aves já são bem salgadas, o ideal é que você não use sal no tempero que utilizar.

 

Para aves, eu gosto muito de fazer uma manteiga composta, que nada mais é do que a mistura

de uma boa manteiga com ervas aromáticas, raspas de citros, alho, sal e pimenta. Aqui, a

gente vai dar a sugestão de uma, mas você pode fazer com o que tiver à sua mão, com os

ingredientes e temperos que gostar, ok?

Além da manteiga em temperatura ambiente, sal e pimenta do reino, você pode usar raspas

de limão siciliano, salsinha, cebolinha, o suco de um limão. Misture tudo muito bem e espalhe

essa pasta entre a pele e a carne da ave.

 

Manteiga composta (receita do livro 400g.)

 

Ingredientes

 

200g. de manteiga sem sal "en pommade" (deixar fora da geladeira por uma hora pelo menos)

2 colheres de chá de raspas de limão siciliano (ou o de sua preferência)

6 colheres de sopa de salsinha picada

2 colheres de sopa de cebolinha picada

2 colheres de chá de suco de limão

sal e pimenta a gosto

 

Modo de preparo

 

Misture todos os ingredientes até formar uma pasta homogênea. Pronta para usar.

 

Para deixar a carne úmida e suculenta, você também pode usar um ou dois limões sicilianos

dentro dele. (só não vai esquecer de tirá-los antes de servir).

Lembrando que você deve cuidar do seu assado durante todo o processo. Acho que o maior

erro das pessoas é achar que o assado está pronto depois de colocá-lo no forno. Não! Você

tem de olhar como está sendo o processo, regar a carne com os sucos que vão caindo. Isso vai

garantir também que ele não fique seco.

Para aves, podemos considerar aí o tempo médio de 1 hora para cada Kg de carne, em

temperatura de 180°C/200°C.

 

Sobrou muita ave da ceia? Você pode desossar o que sobrou, desfiar e fazer um arroz ou até

mesmo um risoto.

Use os ossos para fazer um caldo e usá-lo na preparação desse arroz. Você vai ver quanto

sabor dará esse caldo para o seu prato.

Você também pode fazer uma torta com a ave que sobrou. Ou se você já tiver programação

para o dia seguinte, congele-a já desossada e desfiada e aproveite estas dicas para uma

próxima ocasião.

 

Para carnes vermelhas ou porco, é interessante fazer uma marinada e deixar a carne por

algumas horas repousando neste tempero.

Sal, pimenta do reino, pimenta calabresa, cominho... para um pernil você pode usar um

pouquinho de canela...

Se você quer dar uma cor bonita ao seu assado, junte à marinada uma colher de sopa de

açúcar mascavo e espalhe por toda sua superfície.

Quer usar um líquido na sua marinada? Você pode usar um pouco de vinho ou até mesmo

cerveja (aquela do tipo bock, mais escura) ou o suco de cítrico - limão, tangerina, laranja,

maracujá.

 

Você também pode preparar pra ceia um bacalhau ao forno com um bom azeite, batatas,

tomates, pimentões, ovos cozidos, azeitonas.

 

Bacalhau ao forno (receita do livro 400g.) - rendimento: 6 porções

 

Ingredientes

 

1 Kg. de bacalhau dessalgado

800g. de batata em rodelas grossas

1 folha de louro

55 ml. de azeite de oliva extravirgem

1 pimentão vermlehão, sem sementes, em rodelas

1/2 xícara de vinho branco seco

3 colheres de sopa de azeitona preta em lascas

3 dentes de alho fatiados

4 ovos cozidos cortados em quatro

4 tomates

2 colheres de sopa de salsinha picada

1 colher de sopa de cebolinha picada

pimenta do reino moída na hora

 

Modo de fazer

 

Cozinhe o bacalhau na água em fervura branda por 10 minutos.

Retire a pele e as espinhas e reserve.

Afervente as batatas em água com sal e a folha de louro até que comecem a cozinhar, retire e reserve.

Salteie o pimentão e a cebola em 40 ml. de azeite.

Acrescente o vinho branco e reduza.

Acrescente a azeitona, tempere com sal e pimenta e retire do fogo.

Num refratário, coloque a batata, o bacalhau e, por cima, o pimentão e a cebola salteados e asse a 180°C por 20 minutos.

Enquanto isso, frite as fatias de alho no azeite restante até que fiquem bem douradas.

Retire o bacalhau do forno, coloque por cima os ovos cozidos, o tomate com as ervas e o alho frito.

Leve ao forno por mais 1 minuto, apenas para aquecer.

Regue com azeite e distribua as ervas por cima.

 

Se você não come carne ou vai receber convidados que não comem, uma boa opção é uma

moqueca de caju. Pensando aí em aproveitarmos os ingredientes da estação, estamos na

época desta fruta e podemos usá-la para ser uma das estrelas da sua ceia, por que não?

 

Moqueca de caju

 

Ingredientes

 

2 colheres de sopa de alho picado

3 cebolas grandes cortadas em meia lua

2 xícaras de tomates em rodelas

1 xícara de pimentão fatiado (amarelo, vermelho e verde)

6 cajus fatiados e descascados (aproveite a casca para fazer suco) - fatie e absorva toda água da fruta com papel toalha

1 molho de salsinha picado

1 molho de coentro picado

2 colheres de sopa de óleo de coco

200 ml. de leite de coco

2 pimentas dedo de moça picadas e sem sementes

sal a gosto

 

Modo de fazer

 

Refogue a cebola no óleo de coco. Depois adicione o alho.

Acrescente os pimentões e os tomates, em camadas. Assim que estiverem um pouco refogados, junte as fatias de caju e o leite de coco.

Finalize com coentro, salsinha, pimenta e sal.

Sirva com arroz.

 

 

Por falar em frutas, que tal fazer uma bandeja bem bonita e tropical para sua mesa? Além de

dar um colorido lindo, sairá mais barato do que montar algo com frutas secas, nozes e

castanhas.

 

Para acompanhamentos, encontramos sempre a tríade - arroz, farofa e salpicão.

 

Você pode fazer um arroz com lascas de amêndoas, fazer uma farofa de banana... e a dica para

um bom salpicão é cortar todos os ingredientes no sentido vertical e bem fininho. Isso vai

garantir crocância e vai “segurar” o líquido destes ingredientes. No meu salpicão vai salsão,

cebola, cenoura, pimentão verde, vermelho e amarelo, um bom presunto e frango desfiado

temperados com sal e pimenta do reino misturados à maionese.

 

Salpicão

 

Ingredientes (porção para seis pessoas)

 

1 peito de frango cozido e desfiado

200g. de presunto 

3 partes de talo de salsão 

1/2 pimentão verde

1/2 pimentão amarelo

1/2 pimentão vermelho

1 cebola roxa

1 cenoura média

250g. de maionese

pimenta do reino

limão (se preferir)

sal a gosto

 

Modo de fazer

 

Para esta receita é muito importante que você corte todos os legumes na vertical e bem fininho (quanto mais, melhor). Precisa ser na vertical para que os legumes não soltem muita água. Se você optar por ralar tudo, não vai ficar bom.

Por isso, o grande segredo desta receita é paciência. 

Depois de cortar tudo bem fininho, junte os ingredientes em um recipiente grande e acrescente a maionese. Misture até que tudo fique homogêneo. Tempere com sal, limão e pimenta do reino e leve à geladeira na sequência.

Sirva bem geladinho. :)

 

Se você quer variar um pouco esses acompanhamentos, por que não investir em grãos ou

leguminosas?

 

Uma bela salada de grãos cai muito bem e você pode usar ingredientes típicos – damascos,

nozes ou amêndoas, um pouco de hortelã, cozinhar os grãos com um pouco de cominho,

canela e curry... se quiser colocar alguma proteína, pode acrescentar peito de frango desfiado.

 

Você pode fazer também tomates recheados; ou ainda uma salada de lentilhas ou de  grão de bico.

 

Um purê de maçã também pode ser um bom acompanhamento pra carne de porco. Equilibra

bem com esse tipo de carne e é fácil de fazer. Maçã, água, um pouquinho de limão... se vc

quiser adoçar, eu gosto de usar uma colher de sopa de mel.

 

Purê de maçã

 

Ingredientes

 

6 maçãs sem casca e sem semente

suco de 1 limão

1 colher de sopa de mel

1 colher de sopa de manteiga

sal e noz-moscada a gosto

 

Modo de fazer

 

Coloque as maçãs em uma panela, junte suco de limão eo mel. Leve ao fogo baixo com a panela tampada por 5 minutos. Misture as maçãs e, na sequência, amasse-as.

Continue cozinhando por mais 15 minutos ou até que as maçãs virem um purê. Se precisar, acrescente um pouco de água para amaciar as frutas.

Amasse bem e quando virar um purê, tempere com sal, noz-moscada e com manteiga.

Misture bem e reserve.

 

Para sobremesas, o cardápio tb não foge muito do tradicional – bolo de nozes ou de frutas,

rabanadas, manjar... não se esqueça de que nesta época temos uma variedade muito grande

de frutas. Então, vamos nos beneficiar disso – abacaxi, ameixa, figo, mamão, caju, pêssego,

nectarina, uva, romã, lichia... enfim, temos aí um cardápio bastante variado.

Então, pense em utilizá-las nas suas sobremesas e, claro para comer in natura também.

 

Espero que você tenha uma linda noite de Natal e aproveite para confraternizar e celebrar com gente querida e muita comida boa! :)

 

Aqui, o bate-papo no Revista CBN. Vem!

 

Please reload

Recentes

29/09/2019

15/09/2019

18/08/2019

02/06/2019

Please reload